Seguidores

domingo, 2 de setembro de 2012

Decepção Não Mata, Ensina a Viver e Sobreviver

  - Oi pai, como vai? É estranho perguntar isso ao senhor, exatamente ao senhor. Seria estupidez minha dizer que sua presença, ou melhor, a ausência dela não alterou nada na minha rotina, acordar sem seu "bom dia" ou ir dormir sem seu "boa noite" acompanhado de um extenso e preocupado sermão sobre o meu futuro.
  Interessante, ao relembrar isso e ver a situação em que estamos hoje, a mudança é algo totalmente aparente. Eu vejo no senhor a própria personificação do desprezo e da falta de amor, amor que nunca foi evidente, mas assim como o ar, eu tinha certeza que existia, e que hoje parece que se dissipou, foi jogado fora. Mas eu quero acima de tudo, agradecer. Agradecer por todos os ensinamentos e conselhos, pois foram eles que me ensinaram que o sucesso é seu, independente do que falem, até mesmo você, pai. E, além disso, mesmo você esquecendo, eu jamais deixarei de amar e respeitar a pessoa que me deu a vida e ensinou a preservar meu caráter, independente de qualquer decepção, independente de você ser a minha maior decepção.
  Eu quero e sempre quis sua felicidade, e se ela for com sua nova família, que assim seja. Cuide de sua nova família como o senhor cuidou de mim, ame-a como o senhor me amou, mas por favor, prive-a de qualquer decepção.
BF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
;